Esta série da BestBolso,  seleção Saraiva Vira-vira é genial. Cabe na bolsa!

São 2 livros em 1, com histórias completas. Você lê uma história, vira o livro e lê a outra.

Originalmente publicada em 1987 como Hot ice

Nesta edição tem as histórias:

Tesouro Secreto

Virtude Indecente

Ambas já haviam sido publicadas pela Bertrand

Tesouro Secreto

Lançado originalmente como Hot Ice pela Bantam Books em 1987.

Whitney MacAllister é rica e linda. Douglas Lord é um ladrão com um gosto refinado. Eles tem seus caminhos cruzados quando Lord está fugindo dos capangas de um “contratante cruel”, Dimitri,  e entra no carro de Whitney.

Bom, ele está sem dinheiro e com umas cartas que teoricamente comprovam que tesouros da rainha Maria Antonieta encontram-se ainda escondidos, em Madagascar!

A herdeira dos sorvetes MacAllister está entediada e resolve acompanhá-lo nessa empreitada de recuperar o tesouro; claro, bancando a viagem e marcando em seu caderninho cada centavo ( literalmente) que ele lhe deve.

Com os capangas de Dimitri no encalço deles, eles passam por aventuras eletrizantes,rios cheios de crocodilos,  tiros,  mortes e … lêmures  na selva de Madagascar.

A relação de confiança entre os dois fica em uma corda bamba até próximo do fim do livro. Mas é claro, uma história da Nora sempre é recheada de criaturas teimosas, mas que no final cedem a linguagem universal: o amor.

Mais informações sobre a outra publicação desta história em Tesouro Secreto.

Virtude Indecente

Lançada originalmente em 1988 como Brazen Virtue.

Se alguém espera uma história enfocada em romance, pode ficar decepcionado com essas duas histórias. Tanto em pecados Sagrados como em Virtude Indecente, o gênero “romance policial”  é mais aparente que o “romance romântico” . Diria que está mais para o lado J.D. Robb.

Eu particularmente adoro o gênero policial e um suspense.

Acompanho a carreira da autora e algo que percebi, é que esses romances “relançados” por lá ( terra natal dela e outros países) e aqui no Brasil lançados, são os da fase menos “comercial”. Onde percebe-se um toque a mais no perfil psicológico dos personagens por exemplo. Mas todos autores, compositores, etc tem fases. Eu gosto dos livros dela e os coleciono. Quem não gosta, não leia ou não compre, certo?

Mais informações sobre a outra publicação desta história em Virtude Indecente

See ya!